Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.
Início
 
  Natureza Cultura Sol e Praia Eventos Negócios  
 
Natureza | Floresta Nacional do Tapajós: as comunidades tradicionais e o uso sustentável da Amazônia

Unidade de Conservação reconhecida por suas belezas naturais, onde o Tapajósbanha as terras ribeirinhas e muda de cor, conforme a hora do dia, e de tamanho, conforme a época do ano. Na cheia é possível passar de canoa por entre palmeiras, pássaros, tracajás e jacarés; na seca, o rio desce e deixa revelar praias de areia branca, próprias para o banho. Subindo a serra, o visitante vai encontrar a floresta primária com árvores frondosas, algumas centenárias como a samaúma, a castanheira, a andiroba, dentre outras. Além dos aspectos ambientais, a Flona apresenta expressiva riqueza sociocultural, representada por grupos indígenas da etnia Munduruku e populações tradicionais, que realizam o manejo florestal sustentável em uma área especialmente reservada para este fim, experiência que é referência no setor e que movimenta cerca de R$ 4 milhões por ano.

Como chegar:
Acesso BR 163, pavimentada em todo o trecho que liga Santarém até a entrada da FLONA, são 50 Km; e por via fluvial pelo rio tapajós.

Melhor época:
A paisagem amazônica muda conforme a intensidade das chuvas. De dezembro a junho é o período que mais chove, as águas do Tapajós invade as margens e avança sobre a floresta. De agosto a novembro o regime de chuvas é reduzido, favorecendo o surgimento das praias fluviais.

O que fazer:
Observação da fauna, trilhas interpretativas, passeios de barco, pesca artesanal, banhos em praias e igarapés, visitar comunidades tradicionais, observar a produção do couro vegetal, comprar artesanato, participar de festejos populares, acompanhar a mais importante maratona de selva do planeta, a Jungle Marathon.

Para mais informações:
www.junglemarathon.com
www.icmbio.gov.br/flonatapajos

 
 
  
DrupalTwitterFacebookBloggerInstagram
Governo do Pará