Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.
Início
 
  Natureza Cultura Sol e Praia Eventos Negócios  
 
Sol e Praia | Praia de Joanes, entre o Atlântico e o Amazonas

Praia fluvial com água levemente salgada, temperatura agradável, com ciclos de enchente e vazante de aproximadamente 12h para cada preamar; seus principais diferenciais são os ventos contínuos e ondas que chegam a aproximadamente 1,5 m, atributos que favorecem prática de esportes náuticos. Em um dos  extremos da praia encontram-se as ruínas de um antigo convento jesuíta, destruído quando a ordem foi expulsa por determinação da Coroa Portuguesa no século XVIII. Possui infraestrutura de bares e restaurantes.

Como chegar:
• Opção 1 (de barco): Do terminal hidroviário de Belém, armazém 09 (CDP), saem regularmente navios com destino ao Porto de Camará na Ilha do Marajó. A viagem dura aproximadamente 3 horas. A distância entre o porto e Joanes é aproximadamente de 22 km. No Camará, vans podem ser contratadas para fazer o deslocamento até Joanes.
• Opção 2 (com carro e balsa): Saídas de balsas do distrito de Icoaraci em Belém. A travessia dura entre 3 e 4 horas até o porto do Camará. De lá você chega de carro à vila de Joanes no Município de Salvaterra.

Melhor época:
De junho a dezembro, período de maior incidência do sol (dias mais longos), boa qualidade de ventos e quando as ondas ficam maiores propiciando a prática de esportes náuticos.

O que fazer:
Atividades de recreação na areia, banho de sol, esportes náuticos, passeio pela comunidade de Joanes e as ruínas do convento, apreciar e comprar a produção de artesanato na AERAJ - Associação Educativa Rural e Artesanal da Vila de Joanes. Com sorte, o visitante pode assistir a uma apresentação de carimbó, ritmo típico da região e revoadas de pássaros (guarás e colhereiros).

 
 
  
DrupalTwitterFacebookBloggerInstagram
Governo do Pará